O QUE É O MVP E COMO APLICÁ-LO EM UMA EMPRESA

A decisão de criar um novo produto é, além de audaciosa, complexa e cheia de dúvidas, é nesse processo que a maioria desiste ou lança um produto que não é bem recebido pelo público.

Em meio a tantas dúvidas e incertezas sobre o mercado, o MVP surge como uma ótima alternativa para planejamento de um novo produto. O MVP (produto minimamente viável) é uma amostra ao mercado do que será seu produto final, podendo assim, estudar a aceitação do protótipo e estipular melhorias e calcular a demanda futura.

Nossa percepção não é de total confiança, por isso, o Mvp é uma ferramenta que oferece dados essenciais para visualizar a viabilidade de seu produto. Entenda mais:


  • Não precisa ser perfeito, mas…

Isso não significa que você tenha que apresentar um MVP ruim ou aquém daquilo que você pode fazer. Lembre-se: é produto minimamente viável, ou seja, uma amostra muito próxima do que seu produto final será, sem os gastos que ele teria se estivesse sendo lançado no mercado direto.

Afinal, o objetivo aqui é colher informações, aperfeiçoar processos, corrigir falhas e prever possíveis problemas.


  • Sua empresa já tem outros dados? Some-os com o MVP!

Cruzar os dados do MVP com outras informações que a empresa já tem, como a análise de concorrência ou uma análise de público-alvo, tornam essa estratégia ainda mais eficaz.

Para tornar essa etapa mais produtiva, estabeleça parâmetros, ou seja, tenha uma ideia daquilo que você quer analisar, quais dúvidas você quer responder com o MVP.

Será que o consumidor perceberá a diferença entre seu produto e seu principal concorrente? Será que as pessoas conseguem utilizar seu serviço? E os investidores, ficou claro para eles o objetivo de sua empresa? Agora é a hora certa de responder a esses questionamentos.


  • Seu negócio está na web? Então utilize métricas gratuitas

Se seu produto está na internet, então você já tem à sua disposição diversas possibilidades de análise do seu MVP, como Google Adwords, análises das redes sociais (como Twitter e Facebook), campo de comentários, etc. Aproveite essas ferramentas para entender como seu produto mínimo viável (MVP) foi percebido pelos internautas.



  • Mudanças serão necessárias? Sem problemas!

Percebeu que terá que fazer modificações? Então, modifique. Mudar o curso do projeto nessa etapa não é algo ruim e nem desmerece seu trabalho, pelo contrário, evita dores de cabeça e frustrações futuras. Até porque esse é o grande objetivo do MVP: dar um guia detalhado do que deu certo, mas, principalmente, alertar para aspectos que não estão funcionando.

Pegue todas as informações do seu MVP, dê uma boa olhada no seu plano de negócios e faça as modificações necessárias.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

A incerteza é como o clima. Está sempre lá, faz parte da atmosfera e é uma condição sobre a qual indivíduos e organizações têm muito pouco controle. A gravidade da incerteza, como a gravidade do clima

O que quer que você vá fazer, faça bem feito. Parece óbvio. Mas decidir com precisão o que fazer – ou se deve continuar fazendo – muitas vezes é difícil para os líderes que procuram distinguir suas em

Se 2020 foi sobre crises – a pandemia e a indignação após o assassinato de George Floyd, para citar dois – e a resiliência e a capacidade das empresas de navegar pela disrupção, 2021 parece que foi o